ALUÍZIO TREINA PROFESSORES, JOVEM É ATROPELADA E AMÉRICA DECIDE COM BOLA PRETA, HÁ 55 ANOS

O governador Aluízio Alves abria curso para treinamento de professores e anunciava viagem a Brasília para liberar dinheiro para a saúde pública.

A Assembleia Legislativa apreciava a criação de quatro novos municípios: Vera Cruz(emancipado de São José do Mipibu), Tomaz Pereira(de Cerro Corá), Pedra Preta e Caiçara do Rio dos Ventos(desmembrados de Lajes).

Dalva Gomes da Rocha,23 anos, era atropelada por um caminhão e morria na Avenida Alexandrino de Alencar.

América e Bola Preta empatavam em 4×4 no segundo jogo da final do Campeonato de Futebol de Salão de 1962.

Mais de 1.800 pessoas superlotaram o Ginásio Sílvio Pedroza, no Colégio Atheneu.

Os gols do América: Cezimar(2), Salvador e Ivanaldo. Do Bola Preta: Glauco, Leucio, Ivan e Áureo.

América: João Batista; Salvador, Arturzinho, Cezimar(Véscio) e Ivanaldo.

Bola Preta: Arlindo Brito; Leucio, Áureo, Glauco e Ivan(Chico Bola Preta).

Foi assim em Natal, 10 de janeiro de 1963, uma quinta-feira, há 55 anos.

Do Blog – Na finalíssima, uma semana depois, o Bola Preta venceu o América por 6×3 após estar perdendo por 3×0, ficando com o título de 1962.

Voltar para a capa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *