CHAPECOENSE HOMENAGEIA SOLDADO CAROLINE, ASSASSINADA NO RN

O início do jogo Chapecoense 3×2 Figueirense na Arena Condá foi marcado por homenagens à Policial Militar Caroline Pletsch, 32 anos, assassinada em Natal no Rio Grande do Norte. O marido de Caroline, o sargento Marcos Marcos Paulo, permanece internado no Hospital da PM em Natal. O casal, em férias no Rio Grande do Norte, foi baleado por assaltantes quando reconhecidos policiais.

Nos protocolos de início da partida foi exibida uma faixa com os dizeres: “Carol, guerreira, menina e orgulho. Estará sempre em nossos corações”.

Antes do apito, um minuto de silêncio.

Voltar para a capa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *