CPI DOS MAUS-TRATOS DEBATE EXPLORAÇÃO SEXUAL DE MENORES E REDES SOCIAIS

A CPI dos Maus-Tratos do Senado realiza audiência pública na quinta-feira (7), às 14h, com representantes das empresas responsáveis pela gestão de quase a totalidade do conteúdo que circula pelas redes sociais no país.

Foram convocados representantes do WhatsApp, YouTube, Facebook, Instagram, Twitter, Tumblr e Google. Destes, apenas no caso do Twitter o requerimento aprovado foi um convite, uma vez que no caso das demais empresas, elas não enviaram nenhum representante quando foram convidadas para audiências.

Nos requerimentos, o presidente da CPI, senador Magno Malta (PR-ES), expressa sua preocupação com a disseminação de conteúdo nas redes e na internet relacionado à exploração sexual de menores de idade, ou de incentivo ao suicídio e à automutilação. O colegiado investiga maus-tratos contra crianças e adolescentes.

Internautas interessados em enviar comentários e perguntas para a audiência poderão fazê-lo através do portal eCidadania (www.senado.leg.br/ecidadania).

Também na quinta-feira, às 9h, será realizada audiência pública com a ministra dos Direitos Humanos, Luislinda Valois. Já na terça-feira, às 14h, haverá audiência com representantes do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), da Organização Mundial de Saúde (OMS), do Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP).

Voltar para a capa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *