DESRESPEITO À MEMÓRIA DE WILMA E IBERÊ

Um dos ítens do ajuste fiscal dos pobres enviado pelo Governo do Estado à Assembleia Legislativa  é o fim da aprovação de aumento de salários para ser pago pelo governador subsequente.

É uma tacada tacanha  nos ex-governadores Wilma de Faria e  Iberê Ferreira de Souza, que nunca atrasaram salários, estão mortos  e encaminharam mensagens de reajuste para a Assembleia Legislativa quando presidida por quem?

Robinson Faria, o atual governador.

Presidente porque Wilma quis.

Que nada fez para impedir a aprovação.

Calado estava, assim ficou.

Mensagens aprovadas por 99% dos deputados.

Nem como vice-governador de Rosalba Ciarlini propôs nada para economizar. Nem a revogação das tais leis.

Wilma e Iberê não mereciam a punhalada.

A cada malvadeza , este governo enoja mais.

Voltar para a capa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *