DIRETORIA DO ABC DESCARTA RENÚNCIA

Cumprir o que o estatuto manda.

 

Portanto, está descartada a renúncia da diretoria do ABC , que cumprirá seu mandato de dois anos até o final de 2018.

 

Faz sentido no regime democrático.

 

Os eleitos devem ir até o fim.

 

Até para quem votou aprender.

 

A chegada dos novos dirigentes, Fred Menezes e Paulo Tarcísio Lopes, povoou o terreno de abandono com a fuga dos guerrilheiros que incensavam os atuais mandatários.

 

Judas Tadeu, o presidente,  garantido pelo mandato, não pretende abandonar o cargo.

Diz a interlocutores privilegiados que a união pregada pelos opositores ele topa.

Só não topa submissão.

 

Mas,  para não ficar insustentável a situação terrível de agora.

O ABC não tem que melhorar.

Precisa ressuscitar.

 

Voltar para a capa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *