ÍDOLO DE ABC E AMÉRICA HOSPITALIZADO

Dedé(à esquerda, comigo e Joelzão em 2010)

 

José Gomes de Medeiros está no prontuário e ninguém conhece.

Dedé de Dora dez dos passes, preces.

Com pneumonia, foi internado no Hospital da Unimed, empresa da qual é funcionário como motorista.

Meia-armador, Dedé de Dora, foi dos últimos a honrar  o título de craque.

No ABC, formou sinfônica meiúca com Nicácio e Marinho no bicampeonato de 1983/84.

Brilhou no Cruzeiro no Brasileiro de 1985.

O ABC sacaneou e De Dora voltou.

Machucou o joelho.

Foi para o América ser regente de vingança.

Campeão em 1988/89/91.

Dedé é torcedor do ABC.

Juntando os jogadores de todos os times nos últimos cinco ou 19 anos, nenhum lhe chega a 1% de proximidade categórica.

Dedé, que pilotou esquemas táticos  e hoje dirige ambulância, retrata a injustiça do futebol.

O plano de saúde é seu luxo.

 

Voltar para a capa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *