CAIO MANCHA,EX-ABC,ACERTA COM FERROVIÁRIA

Recém-chegado à Ferroviária, Caio Mancha falou sobre os motivos que o convenceram a acertar com a Ferrinha para a disputa desta Copa Paulista e do próximo Paulistão. O atacante, entretanto, ainda não deverá fazer sua estreia nesta fase do torneio, ficando disponível apenas para o mata-mata.

“Eu fiquei muito feliz de receber o convite da Ferroviária e conversei com meu empresário, que entrou em contato. O que me fez vir foi a estrutura do clube e as boas notícias que recebi de amigos sobre o clube. A gente sempre tem que pensar no que está disputando, então vim para ser campeão da Copa Paulista. Elenco para isso o time tem”, afirmou Caio Mancha em entrevista à Rádio Cultura de Araraquara.

JOSÉ ADÉCIO DIZ QUE “SEMPRE FOI CONTRA ” ARENA DAS DUNAS

O deputado estadual José Adécio (DEM) comentou, na sessão desta terça-feira (12), na Assembleia Legislativa, a reportagem do programa Fantástico, da Rede Globo, veiculada no domingo (10), apontando para desvio de recursos públicos e pouco uso do equipamento. Adécio lembrou que no período em que se discutia o projeto, ele sempre se mostrou contrário à derrubada do estádio Machadão.

“Eu fiquei sozinho na luta. Apareceram vários pais e várias mães desse elefante branco”, afirmou Adécio, justificando que uma reforma no antigo estádio, no valor do que pode ter sido desviado, seria suficiente para Natal sediar jogos da Copa. “Uma obra que nada trouxe para o Rio Grande do Norte. Para que hoje serve a Arena das Dunas?”, questionou o deputado.

GAROTINHO NA CADEIA

O Globo:

A Polícia Federal (PF) prendeu, na manhã desta quarta-feira, o ex-governador do Rio Anthony Garotinho. Os agentes cumpriram um mandado de prisão domiciliar.

Três agentes estiveram por volta das 10h30m na porta da Rádio Tupi, em São Cristóvão, Zona Norte do Rio.

Garotinho apresentava seu programa diário no rádio quando o mandado foi cumprido. O programa vai continuar no ar até as 11h, com outro apresentador.

ZEZÉ DI CAMARGO E A DITADURA

O cantor sertanejo Zezé Di Camargo vem sendo trucidado nas redes sociais depois de dizer que o Brasil não viveu uma Ditadura de 1964 a 1985.

Equívoco de Zezé. Semelhante ao de quem o confunde com um músico.

DESEMBARGADOR BARROS DIAS CONSEGUE HABEAS CORPUS MAS PERMANECE PRESO

A 2.ª Turma do Tribunal Regional Federal da 5.ª Região mandou soltar o desembargador aposentado Francisco Barros Dias, preso sob suspeita de venda de sentença na Operação Alcmeon. Barros Dias, no entanto, vai ficar preso, pois tem contra si outra ordem de prisão.

O desembargador aposentado continua preso em razão da prisão ordenada pela 2.ª Vara Federal. O pedido de habeas corpus contra este decreto tramita na 3.ª Turma da Corte – ainda pendente de julgamento. A relatoria é do desembargador federal Carlos Rebêlo Júnior.Barros Dias está preso em regime preventivo pela Polícia Federal desde 30 de agosto.

TÉCNICO É DEMITIDO APÓS VITÓRIA POR 8×1

O Joinville(SC) demitiu o técnico Pingo após a Série C. Sob o comando do treinador, o time catarinense chegou a rodada final da primeira fase da Série C precisando de uma vitória elástica e combinações de resultados para se classificar.

Conseguiu vencer o Mogi Mirim por por 8 a 1 e  encerrou a participação na terceira divisão nacional na quarta colocação, com os mesmos 25 pontos do quarto colocado e classificado Volta Redonda, perdendo por 7 a 5 no saldo de gols.

VAI COMEÇAR VENDA DE INGRESSOS PARA COPA 2018

Globo.com

Fãs de futebol que desejam acompanhar a Copa do Mundo de 2018 devem ficar atentos nos próximos dias. A Fifa anunciou nesta terça-feira que a venda de ingressos para o Mundial do ano que vem, na Rússia, começará na próxima quinta-feira, às 6h (de Brasília). A comercialização ocorrerá exclusivamente no site oficial da entidade e terá três fases diferentes, com subdivisões de datas e processos.

POLICIAL PUBLICA BANNER E CULPA GOVERNADOR POR 1.720 HOMICÍDIOS NO RN

 

O policial civil Ranulfo Alves, publicou banner em suas redes sociais em que responsabiliza o governador Robinson Faria(PSD) pelos 1.720 homicídios ocorridos em 2017 no Rio Grande do Norte de acordo com o Observatório da Violência(Obvio). “Governador Robinson, o sangue destas vítimas está em suas mãos”, escreve Ranulfo na arte que adapta com mancha de sangue a mão e a logomarca de campanha do atual governador em 2014.

 

Com 32 anos de atividade e participação em operações importantes na história policial do Estado integrando a equipe do delegado aposentado Maurílio Pinto de Medeiros, o famoso Xerife, Ranulfo afirma jamais ter visto uma situação de violência igual à de agora tampouco teme represálias por parte do Governo do Estado. Ele conversou com o blog:

 

Blog RL – Por que responsabilizar diretamente o governador usando o material de campanha?

 

Ranulfo Alves – Na campanha, ele mostrava as mãos, dizia que tinha as mãos limpas, que seria o governador da segurança, mas não está conseguindo proteger os cidadãos. Então o que está fazendo no cargo?

 

Blog RL – O senhor não teme represália de ordem pessoal contra você?

 

Ranulfo Alves – Nenhuma. Não ter medo é uma prerrogativa de minha função e estou consciente de que não agredi ninguém, exerci meu direito de crítica.

 

Blog RL – Já viu algo parecido em tanto tempo de polícia?

 

Ranulfo Alves – Nunca, jamais. Falta pessoal, recurso e governo. É possível que no último ano cheguem carros e outros equipamentos, mas e as vidas perdidas antes?

 

Blog RL – O que fazer para mudar na sua opinião?

 

Ranulfo Alves – Investir nas pessoas, na inteligência. Hoje o bandido ataca de fuzil e nós vamos de pistola, com efetivo longe do ideal. O bandido tem a arma que quer e não é fiscalizado em blitz nem em investigações. Falta estrutura. Sem estrutura podem colocar Deus na Secretaria de Segurança que não resolve.

 

 

 

 

GUARDA DE BEBÊ ACHADO EM CAIXA DE PAPELÃO FICA COM CASAL HOMOAFETIVO

A Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça assegurou que um casal que convive em união homoafetiva há 12 anos permanecesse com a guarda de um bebê de dez meses. Em decisão unânime, o colegiado concluiu que os companheiros reúnem as condições necessárias para cuidar da criança até que seja finalizado o processo regular de adoção e que um eventual encaminhamento do bebê a abrigo poderia lhe trazer prejuízos físicos e psicológicos.

O relator do pedido de habeas corpus, ministro Villas Bôas Cueva, apontou que, segundo os autos, “o menor foi recebido em ambiente familiar amoroso e acolhedor, quando então recém-nascido, não havendo riscos físicos ou psíquicos neste período, quando se solidificaram laços afetivos, até mesmo porque é cediço que desde muito pequenas as crianças já reconhecem as pessoas com as quais convivem diariamente”.

De acordo com o processo, em 2016, os companheiros encontraram em frente à casa da mãe de um deles uma caixa de papelão na qual estava o recém-nascido, de apenas 17 dias. Após acolherem a criança, eles procuraram a Polícia Civil para reportar o ocorrido e contrataram um investigador particular, que localizou a mãe biológica da criança.

Segundo a genitora, ela teria escolhido o casal para cuidar de seu filho por não possuir condições financeiras de criar a criança.

Requisitos

O casal ingressou com pedido formal de adoção, porém o juiz de primeira instância determinou a busca e apreensão do bebê para que fosse acolhido em abrigo. O magistrado entendeu que os companheiros não se enquadravam nos requisitos de exceção à adoção regular previstos pelo artigo 50 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), como tutela ou guarda da criança há mais de três anos ou formulação do pedido de adoção por parente.

A decisão foi confirmada pelo Tribunal de Justiça do Ceará, que concluiu que ainda não havia sido formado vínculo afetivo entre o casal e a criança. Além disso, entendeu que havia dúvidas sobre a origem do menor e as circunstâncias do seu abandono.

Lar estruturado

Ao analisar o habeas corpus, o ministro Villas Bôas Cueva ressaltou haver nos autos relatório da equipe de adoção do Juizado da Infância e Juventude que aponta que o casal mantém lar estruturado e tem o desejo genuíno de receber a criança de forma definitiva.

Além disso, as instâncias ordinárias, ao determinarem o abrigamento institucional, não apontaram qualquer das hipóteses de violação de direitos da criança previstas pelo artigo 98 do ECA, como abuso ou omissão dos responsáveis pelo menor.

“Admitir-se a busca e apreensão de criança, transferindo-a a uma instituição social como o abrigo, sem necessidade alguma, até que se decida em juízo sobre a validade do ato jurídico da adoção, em prejuízo do bem-estar físico e psíquico do infante, com risco de danos irreparáveis à formação de sua personalidade, exatamente na fase em que se encontra mais vulnerável, não encontra amparo em nenhum princípio ou regra de nosso ordenamento”, concluiu o ministro ao votar para que o bebê fosse mantido com o casal.

MAIORIA ESMAGADORA QUER CIDADÃO ARMADO

Agência Brasil

Mais de 14 mil brasileiros já se manifestaram na consulta pública que está sendo realizada pelo site do Senado sobre o Projeto de Decreto Legislativo 175/17, que propõe a revogação do Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826/03). Por volta das 19h, 13.627 pessoas tinham votado a favor da proposta e 690, contra.

Apresentado no último dia 5, o projeto está na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) aguardando a indicação de relator. A consulta no site do Senado deve permanecer aberta enquanto a proposta tramitar na Casa.