MAÇONARIA CONDENA ATAQUE DE VEREADORA PETISTA A MAURÍLIO PINTO

Chove solidariedade ao delegado aposentado Maurílio Pinto de Medeiros, insultado é chamado de criminoso pela carrancuda vereadora petista Natalia Bonavides.

Maurílio é sinônimo de eficiência policial em mais de 50 anos caçando bandidos.

São sindicatos, associações e cidadãos comuns cujas famílias vítimas de bandidos que Maurílio puniu, manifestando solidariedade.

A nota acima é da maçonaria.

A vereadora, Mariele sem causa, se diz ameaçada nas redes sociais.

As redes que usa e abusa para afrontar quem quer.

Com aquele semblante de quem comeu pimenta por pudim.

 

JUSTIÇA FEDERAL ENALTECE PROFESSORA DÉBORA SEABRA

Insultada por uma desembargadora do Rio de Janeiro, a potiguar Débora Seabra de Moura, primeira professora no Brasil com Síndrome de Down, recebe uma justa série  de manifestações de solidariedade.

Agora, da Justiça Federal:

Nos seus mais de 50 anos de trajetória, a Justiça Federal do Rio Grande do Norte sempre se revelou uma instituição inovadora, humanista e inclusiva, protagonizando a vanguarda, desde o Rio Grande do Norte, na garantia de direitos nos mais diversos campos da vida em sociedade, com decisões emblemáticas que inspiraram a interpretação da Constituição e da lei em todos os cantos do país.

Neste dia 21 de março de 2018, dia internacional da Síndrome de Down, seus juízes, servidores e colaboradores juntam-se a todos os homens, mulheres e crianças que, em todo o mundo, lutam por uma sociedade sem preconceitos, com a preservação intransigente da dignidade como fundamento de convivência em todos os povos.

Que o exemplo da potiguar Débora Araújo Seabra de Moura, primeira professora com síndrome de Down do mundo, seja fonte de inspiração, também partindo do Rio Grande do Norte, para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária, que reconheça cada homem, mulher e criança como um ser humano dotado de dignidade e merecedor de respeito.

Natal, 21 de março de 2018.

Juiz Federal MARCO BRUNO MIRANDA CLEMENTINO
Diretor do Foro da JFRN

 

DELEGADOS SOLIDÁRIOS COM MAURÍLIO PINTO

*NOTA DE ESCLARECIMENTO E DESAGRAVO*

A ADEPOL/RN vem a público se solidarizar ao delegado, hoje merecidamente aposentado, Maurílio Pinto de Medeiros, reverenciando a sua impecável atuação na defesa e proteção da sociedade potiguar, por quase 50 anos. Nosso mais renomado delegado foi alvo de comentários imoderados e desnecessários, por parte da vereadora Natália Bonavides, durante a sessão de ontem (21) na Câmara Municipal de Natal.

É de causar estranheza a injusta crítica proferida pela vereadora, que sequer acompanhou a trajetória de compromisso e desafios do delegado considerado a maior referência no enfrentamento à criminalidade do Rio Grande do Norte.

Cabe-nos lembrá-la que Maurílio Pinto prestou relevantes serviços ao estado, desbaratou e prendeu perigosas e complexas organizações criminosas, arriscando sua própria vida para salvar a de inúmeros potiguares. Tais fatos lhe renderam inúmeras homenagens e honrarias, tornando-o merecedor ao menos, de respeito de toda a sociedade potiguar, notadamente dos seus representantes.

Críticas injustas e desrespeitosas como esta em nada contribuem para o bem estar social e ainda desmotivam aqueles que todos os dias arriscam sua própria vida para defender a dos demais, devendo o comentário da vereadora ser rechaçado por todos aqueles que já sofreram na pele, as consequências da criminalidade.

ENTRE MAURÍLIO E A VEREADORA BONAVIDES

Nada surpreendente a agressão gratuita da vereadora do PT, Natália Bonavides, ao Xerife Maurílio Pinto de Medeiros, instituição da segurança pública do Rio Grande do Norte, delegado hoje aposentado e doente aos 76 anos de idade.

Maurílio é consagrado pelo povo em razão de serviços prestados às vítimas de criminosos.

É um homem honesto e pobre.

A vereadora agride pois é da sua natureza e de sua ideologia.

É difícil compreender uma mulher jovem.

Que não sorri.

Seu mau humor e ódio constantes explicam a infelicidade da declaração que a Justiça vai cuidar.

GOVERNADOR CASSADO PELO TSE

Por 5 votos a 2, o Tribunal Superior Eleitoral cassou nesta quinta-feira(22), o governador do Tocantins, Marcelo Miranda(MDB) e sua vice, Cláudia Lélis(PV) por uso de caixa 2 nas eleições de 2014.

Novas eleições vão acontecer em até 40 dias. Até lá, o Governo será chefiado pelo presidente da Assembleia Legislativa, Mauro Carlesse(PHS).

CAMPEÃO BRASILEIRO DE ASSASSINATOS, RN TEVE QUASE 8 VEZES MAIS MORTES EM MÉDIA QUE SP

O levantamento do portal G1, da Globo, que põe o Rio Grande do Norte no macabro topo do ranking dos assassinatos em 2017, revela outro dado assombroso.

Aqui, a taxa de mortos por 100 mil habitantes foi de 64.

Em São Paulo, foram 8,6 mortes por 100 mil moradores.

Isso é o Rio Grande do Norte.

O texto do G1:

Com uma taxa de 64 mortes para cada grupo de 100 mil habitantes, o Rio Grande do Norte foi o estado brasileiro mais violento de 2017 quando considerado o tamanho da população. O levantamento foi realizado em todo o país pelo G1 – por meio do Monitor da Violência – que usou dados oficiais repassados diretamente pelas secretarias de segurança pública de cada estado ou por meio da Lei de Acesso à Informação.
A projeção populacional do IBGE para o RN em 2017 foi de aproximadamente 3,5 milhões de habitantes.
No RN, segundo a Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), 2.246 pessoas foram vítimas de crimes violentos no ano passado, sendo: 1.862 homicídios, 83 latrocínios e 301 casos de lesões corporais que resultaram em morte.
Fora essas três situações, também foram registrados ano passado 139 casos de ‘Ação Típica de Estado’, que é quando o indivíduo morre em razão de alguma ação de segurança pública, como a troca de tiros com policiais, por exemplo.

DÉBORA SEABRA NA BBC

A primeira professora com Síndrome de Down no Brasil, Débora Seabra de Moura, atacada grosseiramente por uma desembargadora(?) carioca, deu longa entrevista à Rede BBC de Londres via Skype.

Débora foi entrevistada pela repórter Renata Moura, um talento também nascido em terras potiguares.

Já foram mais de 15 entrevistas a veículos nacionais e internacionais.

Débora é orgulho do Rio Grande do Norte.

EX-DEPUTADO ENCONTRADO MORTO

O secretário de representação do Paraná em Brasília, Luciano Pizzatto, morreu na madrugada de hoje (21) no quarto de um hotel em Brasília. Não há, até o momento, informações sobre o motivo da morte. Pizzatto foi deputado federal por cinco mandatos, entre 1991 e 2013, pelos partidos PMDB, PRN, PFL e DEM, e deputado estadual, pelo PMDB, entre 1989 e 1991.

De acordo com assessores do governo do Paraná, o ex-deputado sofreu um mal súbito na madrugada desta quarta-feira (21). Pizzatto teria um histórico de problemas cardíacos e de diabetes.

Como chefe do escritório do governo estadual em Brasília, ele tinha, entre suas atribuições, o contato com parlamentares e autoridades do Poder Executivo. Nos últimos dias, estava acompanhando a vice-governadora do Paraná, Cida Borghetti (PP), nas agendas pela cidade, o que incluía participações no 8º Fórum Mundial da Água e no Seminário Internacional da Primeira Infância.

Pizzato nasceu no dia 23 de março de 1957 em Curitiba. Ele é formado em engenharia florestal pela Universidade Federal do Paraná.

CNJ VAI INVESTIGAR DESEMBARGADORA QUE INSULTOU MARIELLE E PROFESSORA DÉBORA

O ministro João Otávio de Noronha, corregedor Nacional de Justiça, acaba de distribuir a seguinte nota à imprensa:

“Diante das recentes notícias veiculadas em meios de comunicação sobre manifestações públicas da desembargadora do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ), Marília Castro Neves, a respeito da vereadora carioca assassinada, Marielle Franco, o corregedor Nacional de Justiça, ministro João Otávio de Noronha, determinou a abertura de procedimento para averiguar os fatos.

O Psol e a Associação Brasileira de Juristas para Democracia entraram no CNJ com duas representações contra a magistrada. Em relação às postagens feitas pela desembargadora Marília Neves em redes sociais sobre a atuação da  professora portadora da Síndrome de Down, a potiguar Débora Seabra de Moura, o corregedor nacional determinou a abertura de Pedido de Providências e será concedido prazo para que a desembargadora se manifeste a respeito. “

DELEGADA FALA SOBRE MULHER ASSASSINADA PELO MARIDO

Palavra da delegada responsável pelo caso da mulher assassinada a facadas pelo marido que já a havia agredido: